quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O Natal

Quando penso na palavra Natal, a primeira coisa de que me lembro é daquele papel vermelho brilhante, com flocos de neve brancos que toda a gente usava para embrulhar as prendas de Natal.

Lembro-me de me sentar com a minha mãe no nosso tapete, com todos os presentes espalhados e juntas embrulhar-mos um por um, com o papel de Natal.

Desde que me lembro, Natal é a Rua de Santa Catarina. Quando era miúda, lembro-me de ir lá muitas vezes no mês de Dezembro e ficar extasiada com o brilho das luzes de Natal que na altura me pareciam tão altas e distantes.


Neste ano não senti ainda o Natal, acho que em Aveiro não deve haver Natal. Pelo menos não como nós o conhecemos.

Sem comentários:

Enviar um comentário